Umberto França leva Site-Specific ao CCJF

Umberto França leva Site-Specific ao CCJF

Em mostra comemorativa dos 15 anos do Centro Cultural, o artista discute o mito do tapete vermelho

Em “Ao tapete vermelho”, com curadoria de Marcus Lontra, Umberto França traz uma retomada ao site-specific, quando é possível ao artista escolher o lugar e o momento para produzir a obra. O objetivo de França é marcar a presença da técnica da têmpera/pigmento em razão de sua rara difusão no panorama da arte contemporânea brasileira. Um tapete vermelho vai ser executado em carpete pintado em têmpera para fazer as honrarias aos visitantes do Centro Cultural da Justiça Federal, que está comemorando 15 anos de atividade. O mito do tapete vermelho é colocado em questionamento quanto a seus efeitos segregadores e o que isto representa para a nossa cultura.

Estão programadas ações performáticas de interação com o público para promover a acessibilidade especialmente a deficientes físicos e sensoriais.

"Ao Tapete Vermelho"
Abertura dia 29 de novembro.
Término em 23 de fevereiro de 2017
Centro Cultural da Justiça Federal, Rio de Janeiro
Guarnieri mostra Liuba Wolf de 1965

Guarnieri mostra Liuba Wolf de 1965

Os elementos urbanos de Marcela Gontijo

Os elementos urbanos de Marcela Gontijo