Inquietações e desejos na retrospectiva de Amador Perez

Inquietações e desejos na retrospectiva de Amador Perez

Série inédita traz intervenções literalmente manuais em obras de históricos da Arte

Na individual, Amador Perez apresenta 155 obras, sendo 64 inéditas. Destacamos a série em pequenos fomatos composta por fotografias que misturam imagens históricas da Arte com intervenções de gestos feitos pelo próprio artista com as mãos. Esta série foi nomeada com as letras dos sobrenomes dos artistas de Albrecht Dürer, Johannes Vermeer, Jean-Antoine Watteau e Gustav Courbet que tiveram obras usadas por Amador Perez a partir de livros. Na reprodução acima, Amador Perez, intervenção em Dürer.

Amador Perez, intervenção em Coubert

Amador Perez, intervenção em Coubert

Segundo a curadora Marcia Mello, "em DVWC, fotos e variações, no jogo de epidermes, o artista propõe uma fusão de tempos e espaços, num silencioso fluxo amoroso que deflagra suas fantasias, desejos e obsessões. A tensão entre as superfícies – do papel e da pele – acaba por cerzir mundos, aproximando representação e realidade no registro em preto e branco de imagens que se apresentam, ora em versão positiva, ora negativa. A cada narrativa criada no sequenciamento de dezesseis diminutas imagens – e suas variações com intervenções do desenho e cores do processo CMYK versus RGB – ouvimos o sussurrar inaudível de afetos e nos deparamos com sentimentos insuspeitados revelados por algo que não está na aparência das coisas".

Amador Perez, intervenção em Watteau

Amador Perez, intervenção em Watteau

Memória FotoGráfica

Os 45 anos de produção do artista recebem lugar especial nesta exposição. Desde a década de 1970, Amador Perez tem apresentado obras em desenhos nos mais variados estilos e técnicas. "Identificamos pontos significativos de ligação entre os trabalhos expostos. A fotografia pode iniciar ou finalizar o processo ou, ainda, ser uma etapa entre a ideia e sua forma final. O sequenciamento de imagens aparece de inúmeras maneiras: a imagem-símbolo é decupada, recombinada, ressignificando incessantemente o processo de produção. A saturação ou o apagamento de detalhes, o bosquejar em grafite, o desfoque, a colagem, a incorporação de retículas corroboram a riqueza dos artifícios utilizados por Perez para exprimir suas inquietações e desejos. Seu fazer disciplinado põe continuamente em evidência a curiosidade lapidada de maneira meticulosa curiosidade meticulosamente lapidada, na maior parte das vezes, em suportes de pequeno formato", diz a curadora.

"Amador Perez DVWC Fotos e Variações"

Término em 27 de outubro de 2019, às 18h

Paço Imperial, Rio de Janeiro

"Leonardo da Vinci - 500 anos" chega em novembro em São Paulo no MIS Imersão

"Leonardo da Vinci - 500 anos" chega em novembro em São Paulo no MIS Imersão

Após 19 anos, Cildo Meireles faz individual

Após 19 anos, Cildo Meireles faz individual