Design Week Milão divulga balanço com crescimento de 10%

Design Week Milão divulga balanço com crescimento de 10%

Além da alta no volume de negócios, o evento apresentou instalações artísticas incríveis

   O encerramento do Salão de Milão representou mais uma vez no Design uma mistura de criações de nomes já reconhecidos em premiações internacionais e nomes que começam a despontar no setor, chegando para renovar a indústria mundial. Considerado o Centro do mundo criativo, neste ano o Salão recebeu pela primeira vez a presença do presidente da Itália, Sergio Mattarella. O balanço final do Salão Internacional confirma a tendência de crescimento positivo em 10% do setor mobiliário, entre outros agregados que estiveram presentes, como a indústria da iluminação, confirmando a fala do Presidente no evento de abertura. "O Salão não é apenas uma exposição, mas também uma cultura de negócios que simboliza um método de trabalhar em conjunto com uma abordagem específica para a indústria moderna". Na foto de Akihiro Yoshida, detalhe da instalação de Oki Sato, Jellyfish vase, 2017. 

Regresso anual a Milão

   O Salão chegou em 2017 reafirmando-se como local que agrega tendências de todo o mundo. Para o presidente do Salão, é "um momento independente em que a cultura e a indústria se tornam referência e um modelo exemplar para uma Itália que funciona. E tem sido uma semana emocionante, que entusiasma as empresas. Elas mostram o talento genial de arquitetos e designers. E o público regressa a Milão para ver as últimas novidades enchendo a cidade de Cultura”, disse Claudio Luti, presidente do Salão. Luti ainda destacou que “o mundo criativo, a indústria do design de produto e a cidade de Milão estão enlaçadas para continuarem este caminho de sucesso”.

Os números de 2017

   Crescendo a cada ano, os números totais do evento se confirmam 10% maiores do que os de 2016. Nesta edição, foram registrados 343 mil visitantes em seis dias de evento, reunindo 165 países. Mais de 2.000 expositores, sendo 66% da Itália e 34% de outros países. O Salão foi dividido em Salão Internacional do Móvel e Complementos de Decoração (iluminação, cerâmicas e pedras).

Setor nacional

   Do Brasil, compareceram empresas de mobiliário, iluminação, pedras e cerâmicas, que participaram de rodadas de negócios com compradores internacionais. É oportunidade única para apresentarem e negociarem seus produtos com representantes de todo o mundo. Outro ponto alto da participação brasileira foi o seminário “Be Brasil Talks”, onde designers brasileiros falaram de sua experiência na criação de produtos para o mercado internacional.

“Salone Satellite”

   Este ano, foram comemorados os 20 anos do Salone Satellite, onde mais de 650 designers e 16 escolas de design participam com experiências na Fabbrica del Vapore, que continua funcionando até o dia 25 de abril. E já há avisos sobre a programação informada para 2018, como a próxima edição do Salone, juntamente com o Banheiro bienal, Cozinha e FTK (Tecnologia para a Cozinha), que será realizada de 17 a 22 de abril de 2018, em Milão.

Instalações esplendorosas

   Alguns nomes internacionais foram convidados a apresentarem projetos autorais de instalações durante a Semana em Milão.

   Oki Sato, designer canadense de 40 anos, que desde o início dos anos 2000 abriu o Estúdio Nendo em Tóquio e filial em Milão, apresentou um sistema com trinta vasos de vários tamanhos colocados em um aquário cheio de água, com capacidade para 1800 litros. A força e a direção da corrente da água são cuidadosamente ajustadas para que os vasos ondulem moderadamente. Os vasos são feitos de silício transparente ultrafino que foi tingido duas vezes para dar a impressão de que o que está flutuando na água é apenas uma silhueta gradiente de cor. O projeto era redefinir os papéis convencionais de flor, água e vaso, tornando a água discreta, com um conjunto de flores e vasos flutuando dentro da água cheia, em oposição a simplesmente exibir flores em um vaso cheio de água. Sato explica que “tendemos a perceber a existência e o posicionamento de objetos subconscientemente seguindo ‘contornos’, e distinguindo o ‘dentro e fora’ desses contornos. Isso também significa que objetos com contornos obscuros nem sempre podem ser identificados como objetos e, inversamente, se os contornos são visíveis, essas informações que não são visíveis podem ser subconscientemente complementadas”.   

   A LG está colaborando com o designer de renome mundial Tokujin Yoshioka, conhecido por seu uso de técnicas experimentais inovadoras para refletir a beleza da natureza e a complexidade dos sentidos humanos. Nascido em 1967 no Japão, o designer de móveis Tokujin Yoshioka, estudou com Shiro Kuramata e Issey Miyake, para depois montar seu estúdio o Tokujin Yoshioka Design em Tóquio e começou a expor no salão de design de Milão em 2002, com as cadeiras Mel Pop e Tokyo Pop para a Driade.

   Comemorando esta 56ª edição, COS fez parceria com a dupla de design Studio Swine, com sede em Londres, para criar a New Spring, uma instalação interativa e experiência multisensorial no histórico Cinema Arti de Milão.

   Nos resta agora, aguardar pela edição 2018!

Erick Wilson cria mural 3D de baleia em tamanho real

Erick Wilson cria mural 3D de baleia em tamanho real

Festival Internacional de Mosaico reúne 45 artistas em Buenos Aires

Festival Internacional de Mosaico reúne 45 artistas em Buenos Aires