Obras em "Mergulho" de Pizarro valorizam a Fotografia

Obras em "Mergulho" de Pizarro valorizam a Fotografia

Mostra reúne trabalhos criados a partir da observação fotográfica de saltos ornamentais

   A individual traz sete telas de grandes formatos, fotografias e objetos. São obras que Luiz Pizarro retomou depois de dez anos. Ele começou a produção quando foi morar em São Paulo e ao retornar a residir no Rio de Janeiro voltou a debruçar-se sobre esses trabalhos. Na imagem acima, "De ponta cabeça", 2008, acrílica sobre tela, 120 x 100 cm.

Treinos

   Pizarro acompanhou treinos de três atletas de saltos ornamentais. Essa observação resultou na produção da série “Mergulho”. Foram horas de filmes e fotografias no Clube Pinheiros. O ensaio deu origem a pinturas, fotos, objetos múltiplos e vídeos. 

Fotografias em evidência

   Nas obras desta mostra, Pizarro destacou as fotografias realizadas durante os treinos como objetos em destaque. Nas telas, aplicou as fotos em impressão artesanal, formando mosaicos. Nos vídeos, editou uma série de saltos dos atletas. Nos objetos - articulados - utilizou matérias primas como vidro, tijolo de vidro, películas das fotografias e as próprias fotografias clicadas durante a observação no Clube Pinheiros, propondo interação do espectador que é convidado a manipular as imagens, criando novas possibilidades na apresentação do objeto como um todo. 

 Luiz Pizarro, Salto, 2008, acrílica sobre tela, 200 x 100 cm

Luiz Pizarro, Salto, 2008, acrílica sobre tela, 200 x 100 cm

Sentimentos

   Da apresentação da exposição: "cada salto é avaliado dentro de seus limites, medos, riscos e exatidão. A repetição exaustiva desses atletas, assim como a repetição diária do fazer artístico, nos faz perceber o eterno retorno e o eterno recomeço diante dos quais os artistas também se colocam a cada instante da criação, em cada minuto de observação e vivência do mundo em cada experiência vivenciada e expressa em sua obra". 

 Luiz Pizarro, Mergulho em mar aberto, 2010, acrílica sobre tela e colagem, 120 x 160 cm

Luiz Pizarro, Mergulho em mar aberto, 2010, acrílica sobre tela e colagem, 120 x 160 cm

"Mergulho" - Luiz Pizarro
Abertura dia 24 de maio de 2018
Término dia 23 de junho de 2018
Galeria Patrícia Costa, Rio de Janeiro

 

 

Derlon mostra pinturas poéticas na Artur Fidalgo

Derlon mostra pinturas poéticas na Artur Fidalgo

PapaImagem traz mostra com total interação

PapaImagem traz mostra com total interação