Orquestra Violões do Forte faz apresentação única

Orquestra Violões do Forte faz apresentação única

Cantata tem repertório com o melhor da música brasileira para celebrar a chegada de 2017

Para a noite especial, a Orquestra de Violões do Forte convidou o Canto Coral da Fundação Xuxa Meneghel. Tanto a Orquestra quanto o Coral são formados por crianças e jovens que se destacam no cenário da Música nacional. A OVF nasceu em 2011, em uma iniciativa do Instituto Rudá e do Comando do Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, com apoio cultural dentro do Programa Nacional de Apoio à Cultura. O projeto conta com a direção executiva de Márcia Melchior, com a coordenação do músico Antônio Carlos (da dupla Antônio Carlos e Jocafi) e arranjos de Flávio Goulart de Andrade.

Projeto promove inclusão social

Há cinco anos, quando a Orquestra foi criada, foram selecionados 35 jovens de comunidades cariocas de baixa renda (Pavão-Pavãozinho, Cantagalo, Chapeu Mangueira, Babilônia e Santa Marta) que se destacaram pelo seu grau de amadurecimento musical, ao lado da frequência regular ao ensino formal. Além dos violões, a orquestra reúne outros instrumentos, como clarineta, flauta transversa, piano, violoncelo e violino.

Integrantes da Orquestra Violões do Forte 

Integrantes da Orquestra Violões do Forte 

Atualmente, os componentes da Orquestra Violões do Forte possuem de 11 a 21 anos e todos integram a rede de ensino. Eles têm ensaios duas vezes por semana no Forte de Copacabana e são muito talentosos. Para eles, a Orquestra oferece o reconhecimento e a valorização do talento que já possuíam, mas que agora eles têm a oportunidade e condição de desenvolver suas habilidades. Depois de formada e trilhando calendário de apresentações, a Orquestra Violões do Forte vem cumprindo o papel de incentivar outros novos talentos e difundir a cultura musical, fazendo dessa arte um instrumento de inclusão social e formação profissional.

Dia 17 de dezembro, às 18h, entrada franca, com lotação de 200 lugares
Alameda do Forte de Copacabana, Rio de Janeiro

 

A biodiversidade na obra de Sandra Felzen

A biodiversidade na obra de Sandra Felzen

CCBB apresenta "Diversidades" no Madrugada no Centro

CCBB apresenta "Diversidades" no Madrugada no Centro