Griffo mostra recentes na primeira individual em São Paulo

Griffo mostra recentes na primeira individual em São Paulo

“Objetos sobre arquitetura gasta” abre o Programa de Exposições 2017 no CCSP

   A individual de André Griffo apresenta quatro pinturas, uma delas inédita, e uma instalação na área aberta do Centro Cultural. As obras, produzidas em 2016 e 2017, foram desenvolvidas a partir de pesquisa do artista sobre espaços desocupados, vestígios deixados no passado. “O processo é iniciado com a procura de edificações desabitadas para o registro fotográfico (e posterior reprodução em pintura) dos locais onde sejam percebidos sinais das ocupações passadas, evidentes na arquitetura e ou nos objetos remanescentes”, explica o artista. Na imagem acima, detalhe de "Impressões sobre arquitetura fria", 2017, óleo sobre tela, 194x268,5 cm (a reprodução da obra completa está no final desta publicação).

André Griffo, Teorias em espaço transitório, 2016, óleo sobre tela

André Griffo, Teorias em espaço transitório, 2016, óleo sobre tela

Funcional x estético

   Uma das obras nesta individual é a instalação “Predileção pela alegoria - Andaimes”, 2016, em ferro, que estará nos jardins do Centro Cultural. “O objetivo é estabelecer um relacionamento com o público que permita o seu engajamento na proposta artística”, diz Griffo, que lançou a obra no ano passado nos jardins do Museu da República. A instalação é composta por andaimes que são modificados com a inclusão de elementos provenientes da arquitetura gótica, num contraponto entre o que é funcional e o que é estético. “Os ornamentos, elementos combatidos pela arquitetura funcionalista, modificam a estrutura dos andaimes, uma vez que suas aparições tornam-se corpos estranhos à armação, ao mesmo tempo em que a estrutura modular modifica a natureza decorativa dos arcos, inserindo os elementos estéticos num contexto que não lhes são nem um pouco usual”, conta o artista.

André Griffo, Back To Olympia, 2016, óleo sobre tela

André Griffo, Back To Olympia, 2016, óleo sobre tela

Individual em São Paulo

   André Griffo, é representado pela galeria Athena Contemporânea-Rio de Janeiro desde 2013. Ele já expôs suas obras em instituições importantes no Rio de Janeiro, como Museu de Arte do Rio (MAR), Museu da República e Caixa Cultural. E participou de uma coletiva no Paço das Artes, em São Paulo, mas esta é a primeira individual na cidade de São Paulo.

“Objetos sobre Arquitetura Gasta”

Abertura dia 27 de maio de 2017, às 15h

Término dia 27 de agosto de 2017

Centro Cultural São Paulo, São Paulo

André Griffo, "Impressões sobre arquitetura fria", 2017, óleo sobre tela, 194 x 268,5 cm

André Griffo, "Impressões sobre arquitetura fria", 2017, óleo sobre tela, 194 x 268,5 cm

“Molde - Conversas em torno da escultura e do corpo feminino”

“Molde - Conversas em torno da escultura e do corpo feminino”

As gerações do Samba pelo talentoso Serginho Beagá

As gerações do Samba pelo talentoso Serginho Beagá