Renato Russo é homenageado em selo dos Correios

Renato Russo é homenageado em selo dos Correios

O artista foi indicado em consulta popular e segue conquistando uma legião inesgotável de fãs

Sim! Faltava um selo. Os Correios acertaram ao atender a consulta popular, lançando uma peça com Renato Russo para a memória da Filatelia brasileira. Ele já ganhou exposições com milhares de itens, filmes, espetáculos teatrais, livros, adesivos, linhas de vestuário com sua imagem e frases. Há quem pergunte, talvez por não conhecer seu legado, qual o seu mistério. A resposta está em conhecer e entender, refletindo sobre seus escritos, com a mesma intensidade que ele usou para criá-los.

renato-russo - adesivo.jpg

Renato Russo é o nome artístico de Renato Manfredini Júnior (1960-1996). O poeta, cantor e compositor brasileiro nos deixou legado inestimável. Foi compositor e cantor, fundou e foi vocalista da banda Legião Urbana. Para homenageá-lo, os Correios lançaram no dia 27 de março, simultaneamente, em Brasília e Recife, um belíssimo selo postal com foto e texto, na mesma data em que o poeta completaria 59 anos de idade.

selo_renato_russo-768x485.jpg

A iniciativa abraça a opinião pública. O nome de Renato Russo foi o mais votado em consulta popular. Mesmo após 23 anos de sua morte, Renato Russo vive, suas composições mostram uma realidade de sentimentos que conquista brasileiros cada vez mais e não cessa de influenciar gerações.

renato russo 5.jpeg

Das 700 sugestões enviadas pela população em 2018, a homenagem a Renato Russo foi uma das 34 votadas pela Comissão Filatélica Nacional e homologada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Desde 2003, mais de mil sugestões foram enviadas pela população para que o artista se tornasse motivo de selo postal especial. Considerando um setor praticamente sem divulgação na sociedade, sendo observado por muito poucos, os números relacionados a Renato Russo - segundo especialistas - são expressivos.

renato_russo_2.jpg

A imagem que foi utilizada no selo foi retirada de uma de suas apresentações com um trecho da canção “Vinte e Nove”, lançada no álbum “O Descobrimento do Brasil”, em 1993. Para Giuliano Manfredini, filho de Renato Russo, a emissão deste selo é mais um importante item que ajuda a reconstruir a trajetória de Renato Russo. “Eu fiquei muito contente ao receber esta proposta dos Correios, porque o meu trabalho é, sobretudo, preservar a memória do meu pai, e este selo, além de ser uma bela homenagem a ele, no dia em que faria aniversário, será mais uma forma de os admiradores do seu vasto legado poderem sempre lembrar de sua força e manterem a centelha acesa”, afirmou.

Em 1978, em Brasília, Renato Russo integrou a banda Aborto Elétrico com seus irmãos Fê e Flávio Lemos

Em 1978, em Brasília, Renato Russo integrou a banda Aborto Elétrico com seus irmãos Fê e Flávio Lemos

A emissão tem tiragem de 70 mil blocos com valor de segundo Porte Carta Comercial cada. As peças já estão disponíveis para serem adquiridas pelos fãs nas principais agências do país e também na loja virtual desde o dia 27 de março.

renato russo.jpg

Lançamento de Bloco Especial: Homenagem ao Músico e Poeta Renato Russo
Dia 27 de março, 19h, no Museu dos Correios, em Brasília (DF) e Centro Cultural Correios – Recife (PE)
Dia 29 de março, 20h, no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo (SP)

"Djanira: a memória de seu povo" abre 2019 no MASP

"Djanira: a memória de seu povo" abre 2019 no MASP