"Tristes Trópicos" discute provocações sobre brasilidade

"Tristes Trópicos" discute provocações sobre brasilidade

Coletiva apresenta obras com poéticas que exploram imaginários e passeiam por vivências do dia a dia

   Com curadoria de Daniela Bousso e Renato De Cara, "Tristes Trópicos - Dentro da floresta, somos todos cabaços" reúne obras de artistas representados pela Galeria e de artistas convidados, de Coletivos e de acervos particulares. O objetivo é "salientar os diálogos provocados entre bienais, instituições e as mãos dos povos brasileiros, apresentando uma grande seleção de obras de artistas entre contemporâneos, brutos e mansos, ingênuos e espontâneos". A Galeria Mezanino comemora 11 anos de funcionamento e está retomando um formato inicial, característico, inclusivo e temático.  Acima, instalação de Thelma Villas Boas. 

Artistas representados pela Galeria

   Ariel Spadari, Danielle Noronha, Eduardo Ver, Emidio Contente, Daniel Malva, Francisco Maringelli, Giselle Beiguelman, Leo Sombra, Luanna Jimenes, Reynaldo Candia, Sergio Niculitcheff, Thelma Vilas Boas e Ulysses Bôscolo.

Samuel Esteves, Cocar

Samuel Esteves, Cocar

Artistas convidados

   Allan Sieber, Daniel Lima, Eduardo Sancinetti, Felipe Cidade, Gian Spina, João Natal, Julio de Paula, Kuta Ndumbu, Luiz Martins, Hugo França, Lula Ricardi, Maria Andrade, Marcelo França, Marlene Crespo, Martin Lanezan, Moises Patricio, Regina Johas, Rogerio Assis, Shambuyi Wetu, Samuel Esteves, Sandro Akel e Thiago Navas.

O comportamento social está na obra de Allan Sieber 

O comportamento social está na obra de Allan Sieber 

Coletivos

   A Televisão Não Será Televiosinada e Frente 3 de Fevereiro. 

O coletivo Frente 3 de Fevereiro participa da mostra que traz a discussão de temas brasileiros

O coletivo Frente 3 de Fevereiro participa da mostra que traz a discussão de temas brasileiros

História em observação e construção

   “Nessa mostra, queremos ser capazes de criar linguagens, contar a nossa história de uma maneira diferente’, afirma Daniela Bousso, que foi diretora do Paço das Artes e curadora do Prêmio Sergio Motta.

Gian Spina apresenta Água de Mariana em referência ao desastre ambiental na cidade mineira

Gian Spina apresenta Água de Mariana em referência ao desastre ambiental na cidade mineira

   “Misturando tudo, seguimos nós, em eterna transformação e batalha. Do batuque primitivo às distorções tropicalistas, esbarra-se na tristeza, em uma música sambada no choro da cuíca e do berimbau. A dança aos deuses encontra a ginga danada da molecada na pelada. Nos folguedos sincréticos e nos afazeres diários, cores, gêneros, alegria e solidão”, reflete o galerista e curador Renato De Cara, em texto que assina sobre a exposição.
 

Eduardo Sancinetti, desenho abraça o tema da exposição

Eduardo Sancinetti, desenho abraça o tema da exposição

"Tristes Trópicos, Dentro da floresta, somos todos cabaços"

Abertura dia 18 de março de 2017, às 15h, com visita guiada com os curadores, às 17h

Dia 3 de abril de 2017, das 19h às 22h, performances de Alexandre de Angeli, Felipe Cidade, Luanna Jimenes e Shambuyi Wetu

Término dia 29 de abril de 2017,  às 19h

Galeria Mezanino, São Paulo

Retrospectiva visual inédita sobre Ana C. (1952-1983)

Retrospectiva visual inédita sobre Ana C. (1952-1983)

Chico Diaz estreia nas Artes Plásticas

Chico Diaz estreia nas Artes Plásticas